ATENÇÃO TODOS OS CATÓLICOS QUE RECEBEM A SANTÍSSIMA EUCARISTIA NA MISSA

ATENÇÃO TODOS OS CATÓLICOS QUE RECEBEM A SANTÍSSIMA EUCARISTIA NA MISSA

Compartilhe com seus amigos!

ATENÇÃO TODOS OS CATÓLICOS QUE RECEBEM A SANTÍSSIMA EUCARISTIA NA MISSA

Se comungarmos, devemos fazer ao menos 15 minutos de ação de graças

Se não tiver a intenção de fazer a devida ação de graças após receber a Sagrada Eucaristia, é melhor NÃO comungar.

Devemos nos recordar que as espécies eucarísticas (pão e vinho mudados na carne e sangue de Cristo) demoram aproximadamente 15 minutos para se dissolverem em nosso organismo; o que significa que na prática, ao menos por 15 minutos, somos literalmente sacrários vivos, de modo que após recebermos o Santíssimo Sacramento, devemos fazer ao menos 15 minutos de ação de graças e adoração ao Senhor que recebemos.

Infelizmente a falta de zelo da maior parte dos sacerdotes não têm ajudado os fiéis a terem consciência da sublimidade desse momento, de modo que não se faz o silêncio necessário após o recebimento da comunhão.

Tristemente esse momento é substituído por cânticos, barulhentos, intermináveis avisos paroquiais, campanhas de dízimo, etc…. e o povo mal instruído e desprovido de piedade, tem pressa para que a missa termine logo e assim possam sair para falarem com os amigos, sem se darem conta de que acabou de receber nosso maior de todos os amigos, que é o próprio Deus na Santíssima Eucaristia.

Olhando para esses fatos que se repetem todos os dias em nossas Igrejas, podemos entender as abundantes lágrimas de São Francisco de Assis que entre soluços exclamava: “O amor não é amado. O amor não é amado.”
Se o povo católico que frequenta Igreja tivesse consciência verdadeiramente do que é a Santa Missa e de quem realmente recebemos na SS Eucaristia, se portaria de modo muito diferente do atual. Certamente participaria do Santo Sacrifício do Calvário com profundo respeito, fervor, recolhimento e gratidão; mais… faria e exigiria o silêncio após a comunhão para adorarem o Senhor recebido na SS Eucaristia, ao menos por 15 minutos.

São Luís Maria Grignion de Montfort dizia: “Não troco um minuto de ação de graças, nem por um minuto de Céu”.
Quão longe a grande maioria de nosso povo está da consciência da sublimidade dos momentos de ação de graças…
Entretanto, ainda que esse momento sublime não seja cultivado pela maior parte dos atuais sacerdotes, cada fiel pode fazer ao menos esses 15 minutos de adoração após receber Jesus Sacramentado. Basta que após comungar se ajoelhe em seu banco, abaixe sua cabeça e adore a Deus. Deixe que corram músicas, avisos ou seja o que for: permaneça com Jesus, sem respeito humano e sem se preocupar com o juízo alheio.

A ação de graças após se receber a SS Eucaristia são os mais preciosos momentos que um ser humano pode viver neste mundo, de modo que não devemos negligência-lo ou abrevia-lo por pressa.

Não fazer a devida ação de graças, mostra que aquele que comungou não tem consciência do que fez, ou, espantosamente despreza o Deus no qual diz acreditar.

Se não somos capazes de corrigir as coisas em nossa paróquia ou comunidade, podemos ao menos nos corrigir e também buscar conscientizar as pessoas da necessidade de se fazer ao menos 15 minutos de ação de graças após Jesus na Comunhão.

Templário Maria

Por quanto tempo Jesus fica presente na Eucaristia após recebermos a Comunhão?

Temos que dar o devido respeito ao Nosso Senhor

O grande tesouro da Igreja Católica é a Eucaristia – o próprio Jesus disfarçado sob as aparências do pão e do vinho. Cremos que, como diz o Catecismo, “No santíssimo sacramento da Eucaristia estão ‘contidos verdadeiramente, realmente e substancialmente o Corpo e o Sangue juntamente com a alma e a divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo e, por conseguinte, o Cristo todo’

Além disso, esta presença real de Cristo na Eucaristia não termina imediatamente quando o recebemos na hora da Comunhão. O Catecismo prossegue explicando como “a presença eucarística de Cristo começa no momento da consagração e perdura enquanto a espécie eucarística subsistir”

Mas o que significa quando recebemos a Comunhão em nossas bocas? Quanto tempo permanece a Presença Real de Jesus em nossos corpos?

Há uma história famosa da vida de São Filipe Néri que ajuda a responder a essa pergunta. Um dia, enquanto celebrava a Missa, um homem recebeu a Sagrada Comunhão e deixou a igreja mais cedo. O homem parecia não ter respeito pela Presença dentro dele e, assim, Filipe Néri decidiu usar esta oportunidade como um momento de ensino. Ele enviou dois coroinhas com velas acesas para seguir o homem fora da igreja.

Depois de um tempo andando pelas ruas de Roma, o homem se virou para ver os coroinhas que ainda o seguiam. Confuso, o homem voltou à igreja e perguntou a Filipe Néri por que ele tinha mandado os coroinhas atrás dele. São Filipe Néri respondeu dizendo: “Temos que prestar o devido respeito a Nosso Senhor, que você está levando com você. Como você se recusou a adorá-lo, mandei os dois acólitos para fazer isso”. O homem ficou atordoado com a resposta e resolveu, das próximas vezes, ficar mais consciente sobre presença de Deus dentro dele.

Considera-se que a espécie eucarística do pão permanece por cerca de 15 minutos em nós, após recebermos a Comunhão. Isso se baseia na biologia simples e reflete a afirmação do Catecismo de que a presença de Cristo “permanece enquanto persistir a espécie eucarística”.

É por isso que muitos santos recomendaram oferecer 15 minutos de oração depois de receber a Eucaristia, como uma ação de graças a Deus. Isso permite que a nossa alma saboreie a presença de Deus, e que nós tenhamos um verdadeiro encontro de “coração para coração” com Jesus.

Em nosso mundo corrido, muitas vezes é difícil permanecer na Igreja muito tempo depois da Missa. Mas isso não significa que não possamos pelo menos fazer uma breve oração de agradecimento. O ponto principal é que precisamos nos lembrar de que a presença de Jesus na Eucaristia permanece conosco por vários minutos e nos apresenta um momento especial, quando podemos comungar com o Senhor e sentir seu amor dentro de nós.

Se um dia você se esquecer disso, não se surpreenda se o seu pároco enviar coroinhas para seguir o seu carro quando você sair da Igreja logo depois de receber a Comunhão!

Deslize para ver mais...

Veja Também:

Confissão: o início de uma fornalha de amor
Confissão: o início de uma fornalha de amor

Confissão: o início de uma fornalha de amor Deus criou o homem a sua imagem e semelhança (Gn 1,26). Sendo Deus perfeitíssimo, puro e santo, também nós, obras feitas por Suas mãos, deveríamos ser na medida que nos fosse possível. Sendo as coisas como deveriam ser, fica evidente que homem nenhum nasceu para se confessar

Santo do Dia – 12 de Dezembro – Nossa Senhora de Guadalupe
Santo do Dia – 12 de Dezembro – Nossa Senhora de Guadalupe

SANTO DO DIA – 12 DE DEZEMBRO – NOSSA SENHORA DE GUADALUPE Por volta de 1531, os missionários espanhóis haviam já aprendido a língua dos indígenas para fins de evangelização. Conforme a antiga tradição, foi justamente nesse ano que a Virgem Mãe de Deus apareceu ao recém convertido Juan Diego (João Diogo, em Português), um

A BANALIZAÇÃO DA SAGRADA COMUNHÃO
A BANALIZAÇÃO DA SAGRADA COMUNHÃO

  A MUDANÇA DA PRÁXIS RELATIVA À RECEPÇÃO DA SAGRADA COMUNHÃO Por Padre José Eduardo Até o século XIX, os critérios para comungar eram doutrinalmente tão exigentes que, na prática, poucas pessoas comungavam. Considerava-se que, para além de uma preparação que eu chamaria de negativa — o fiel não deveria ter consciência de nenhum pecado

PODE UMA PESSOA COM TENDÊNCIAS HOMOSSEXUAIS SER UM BOM CATÓLICO?
PODE UMA PESSOA COM TENDÊNCIAS HOMOSSEXUAIS SER UM BOM CATÓLICO?

PODE UMA PESSOA COM TENDÊNCIAS HOMOSSEXUAIS SER UM BOM CATÓLICO? Cada vez mais, em nossa sociedade, tornam-se maior e mais comum o número de pessoas que se declaram sua homossexualidade publicamente. Haveria na Igreja Católica espaço para estas pessoas, uma vez que a igreja já se posicionou oficialmente contra a prática homossexual? A resposta para

CUIDADO: SUA ROUPA PODERÁ TE LEVAR AO INFERNO
CUIDADO: SUA ROUPA PODERÁ TE LEVAR AO INFERNO

CUIDADO: SUA ROUPA PODERÁ TE LEVAR AO INFERNO Assista ao trecho da homilia do Padre José Augusto onde ele faz um importante alerta sobre um aspecto importantíssimo da doutrina católica que hoje pode ser a causa de condenação de muitas pessoas: a modéstia! Nossa Senhora em Fátima revela à Beata Jacinta: “Os pecados que levam

É PELA EUCARISTIA E POR MARIA QUE VENCEREMOS, ADORADORES DO SANTÍSSIMO SACRAMENTO!
É PELA EUCARISTIA E POR MARIA QUE VENCEREMOS, ADORADORES DO SANTÍSSIMO SACRAMENTO!

É de extrema importância incentivar e praticar a Adoração ao Santíssimo Sacramento, e neste caso, sem mesmo estar diante de um sacrário. É por Maria, pela Eucaristia que venceremos. É assim que os leigos consagram a Deus o próprio mundo, prestando por toda a parte, a Deus, na santidade de sua vida, um culto de

DOUTRINA CATÓLICA X DOUTRINA DA CNBB – REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL
DOUTRINA CATÓLICA X DOUTRINA DA CNBB – REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL

DOUTRINA CATÓLICA X DOUTRINA DA CNBB – REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL A CNBB (e os partidos de esquerda) diz que: A redução da maioridade penal não resolve o problema da violência; a prisão não os reeduca; que devemos lutar pelo DESENCARCERAMENTO;… Ademais esses menores infratores são crianças pobres da periferia reagindo contra uma sociedade excludente

Ateísmo e suas causas – por Antonio Royo Marín, O.P.
Ateísmo e suas causas – por Antonio Royo Marín, O.P.

1. Noção e divisão O ateísmo consiste na negação radical da existência de Deus. Ateu (do grego ἄθεος = sem Deus) é o sujeito que ignora ou se nega a aceitar a existência do Ser Supremo e que, por isso, não pratica religião alguma. Existem duas classes de ateus: teóricos e práticos. a) TEÓRICOS são

CAMPANHA DA FRATERNIDADE OU CAMPANHA PARA O PT?
CAMPANHA DA FRATERNIDADE OU CAMPANHA PARA O PT?

CAMPANHA DA FRATERNIDADE OU CAMPANHA PARA O PT? Se desde há muito as Campanhas da Fraternidade vêm sendo utilizadas para difundir a agenda da esquerda, o que está acontecendo neste ano de 2018 é algo verdadeiramente impressionante e escandaloso. A pretexto de combater a violência está se tentando enfiar goela abaixo dos católicos, em todo

Dois padres foram presos nos arredores de uma clínica de aborto, motivo: eles estavam salvando vidas inocentes
Dois padres foram presos nos arredores de uma clínica de aborto, motivo: eles estavam salvando vidas inocentes

Se quisermos que o aborto e casos como este não aconteçam no Brasil, como já acontece nos EUA e Canadá, precisamos ter coragem e nos levantar contra estas políticas estão querendo enfiar por nossas gargantas, como a criminalização da homofobia e outras leis que batem diretamente de frente com ensinamentos da doutrina cristã! Dois padres

Compartilhe com seus amigos!