Santa Missa: “A Liturgia não é show, nem espetáculo” – Papa Bento XVI

Santa Missa: “A Liturgia não é show, nem espetáculo” – Papa Bento XVI

Compartilhe com seus amigos!

SANTA MISSA: “A LITURGIA NÃO É SHOW, NEM ESPETÁCULO”

“Se os homens compreendessem o valor da Santa Missa, para cada Missa seria necessário chamar os guardas, a fim de manterem em ordem as multidões de gente nas igrejas” 

São Padre Pio de Pietrelcina

Assista ao vídeo abaixo:

Importantes observações do Papa Bento XVI, o então Cardeal Joseph Ratzinger, sobre os desvios da liturgia :

“A liturgia não é um show, um espetáculo que necessite de diretores geniais e de atores de talento. A liturgia não vive de surpresas simpáticas, de invenções cativantes, mas de repetições solenes. Não deve exprimir a atualidade e o seu efêmero, mas o mistério do Sagrado.

Muitos pensaram e disseram que a liturgia deve ser feita por toda comunidade para ser realmente sua. É um modo de ver que levou a avaliar o seu sucesso em termos de eficácia espetacular, de entretenimento. Desse modo, porém , terminou por dispersar o propium litúrgico que não deriva daquilo que nós fazemos, mas, do fato que acontece. Algo que nós todos juntos não podemos, de modo algum, fazer.

Na liturgia age uma força, um poder que nem mesmo a Igreja inteira pode atribuir-se: o que nela se manifesta e o absolutamente Outro que, através da comunidade chega até nós. Isto é, surgiu a impressão de que só haveria uma participação ativa onde houvesse uma atividade externa verificável: discursos, palavras, cantos, homilias, leituras, apertos de mão…  Mas ficou no esquecimento que o Concílio inclui na actuosa participatio também o silêncio, que permite uma participação realmente profunda, pessoal, possibilitando a escuta interior da Palavra do Senhor. Ora desse silêncio, em certos ritos, não sobrou nenhum vestígio”.

“Diria que uma Igreja que procura ser acima de tudo atrativa já está no caminho errado. Pois a Igreja não trabalha por si, não trabalha para aumentar seus próprios números, e assim o seu poder” (Papa Bento XVI)

Palavras ditas antes de celebração da Santa Missa de despedida da visita pastoral de sua santidade Papa Bento XVI , em Aquilea e Venecia , 7 e 8 de maio de 2011:

“Em respeito destes divinos mistérios que estamos celebrando em comunhão com sua santidade o Papa Bento XVI, recolhamo-nos em silêncio orante. Portanto, não se aplauda mais, nem sequer durante a homilia, e não se usem bandeiras, nem cartazes”.

Cardeal Pacelli, futuro Papa Pio XII:

“Estou obcecado pelas confidências da Virgem à pequena Lúcia de Fátima. Essa insistência de Nossa Senhora diante do perigo que ameaça a Igreja, é um aviso divino contra o suicídio que representaria a alteração da fé, na sua LITURGIA, na sua teologia e na sua alma (…) Virá o dia em que a Igreja duvidará como Pedro duvidou. Ela será tentada a crer que o homem se tornou Deus, que seu Filho é apenas um símbolo, uma filosofia como tantas outras, e nas igrejas os cristãos procurarão em vão a lâmpada vermelha em que Deus os espera”

Assista também:

E nós, leigos, não podemos ser covardes, e devemos assumir nossas culpas e também nossas responsabilidades.

Vejamos o que diz o Cânon 212 no parágrafro 3:

§3.”De acordo com a ciência, a competência e o prestígio de que gozam, os leigos têm o direito e, às vezes, até o dever de manifestar aos Pastores sagrados a própria opinião sobre o que afeta o bem da Igreja e, ressalvado a integridade da fé e dos costumes e a reverência para com os Pastores, e levando em conta a utilidade comum e a dignidade das pessoas, dêem a conhecer essa sua opinião também aos outros fiéis”

O que falam os Santos sobre a Santa Missa:

“O Martírio não é nada em comparação com a Missa, porque o martírio é o sacrifício do homem a Deus, mas a Missa é o sacrifício de Deus ao homem”
(Santo Cura d’Ars)

“Tanto Vale a Celebração da Santa Missa, quanto vale a morte de Jesus na cruz”
(São Tomás de Aquino)

‎”O altar de nossas igrejas não é diferente do altar do Gólgota; pois ele também é um monte encimado por uma cruz e por um Crucificado, e é nele que se realiza a reconciliação entre Deus e o homem”
(Papa Pio XII)

“O homem deve tremer, o mundo deve fremir, o céu inteiro deve comover-se, quando, sobre o altar, nas mãos do Sacerdote, aparece o Filho de Deus”
(São Francisco de Assis)

“Toda a cólera e indignação de Deus se desfaz diante desta oferta”
(Santo Alberto Magno)

“Sem a Santa Missa, que seria de nós? Tudo parecia neste mundo, pois somente ela pode deter o braço de Deus”
(Santa Teresa de Jesus)

“Sem a Missa, a terra já teria sido aniquilada, há muito tempo, por causa dos pecados dos homens”
(Santo Afonso)

“Seria mais fácil que a terra se mantivesse sem o Sol, do que sem a Missa”
(São Padre Pio)

“Creio que, se não fosse a Missa; a estas horas o mundo já estaria afundado debaixo do peso dos seus pecados. É a Missa o poderoso sustentáculo que o conserva”
(São Leonardo de Porto Maurício)

“Ó povos encanados, que estais fazendo? Por que é que não ides correndo para as igrejas para lá ouvirdes todas as Missas que puderdes? Por que é que não quereis imitar os Anjos que, quando se celebra a Santa Missa, descem do Paraíso em grande número e vêm ficar ao redor do altar em adoração, intercedendo por nós”?
(São Leonardo de Porto Maurício)

“O próprio Deus não pode fazer que haja uma ação mais santa nem maior do que a celebração de uma Santa Missa”
(Santo Afonso)

“Com a oração pedimos mais graças a Deus; mas na Santa Missa obrigamos a Deus a no-las conceder” 
(São Felipe Neri)

“Fica certo de que a quem ouve devotadamente a Santa Missa, eu lhe mandarei nos últimos instantes de sua vida tantos dos meus Santos para confortá-lo e protegê-lo, quantas tiverem sido as Missas por ele bem ouvidas” 
(Santa Gertrudes)

“Se conhecêssemos o valor do Santo Sacrifício da Missa, com quanto maior fervor nos poríamos a ouvi-las” 
(Santo Cura d’Ars)

“Fica sabendo, ó cristão, que a Missa é o ato mais santo da Religião: tu não poderias fazer nada de mais glorioso em honra de Deus, e nada de mais vantajoso para a tua alma do que ouvir piedosamente a Santa Missa, e quanto mais vezes te for possível” 
(São Pedro Julião Eymard)

“Temos mais merecimento em ouvir devotamente uma Santa Missa, do que distribuindo aos pobres todos os nossos bens, ou saindo em peregrinação por toda a Terra” 
(São Bernardo)

“Todos os passos que alguém dá para ir ouvir a Santa Missa são contados por um Anjo e por eles Deus lhe concederá um prêmio muito grande nesta vida e na eternidade” 
(Santo Agostinho)

“Como fica feliz o Anjo da Guarda, quando acompanha uma alma que vai à Santa Missa” 
(Santo Cura d’Ars)

“Quando eu vir que já não posso mais celebrar, tratai-me como um morto”
(São Francisco Xavier Bianchi)

“A Missa é a devoção dos Santos” 
(Santo Cura d’Ars)

“A Missa é o meu céu na terra”
(São Lourenço de Brindisi)

“A Santa Missa é a obra na qual Deus coloca sob os nossos olhos todo o amor que ele nos teve; é de certo modo, a síntese de todos os benefícios que ele nos fez” 
(São Boaventura)

“Tende grande cuidado em ir à Santa Missa, mesmo nos dias da semana, ainda que para isto tenhais que sofrer algum incômodo. Pois com isso obtereis do Senhor toda sorte de bênçãos” 
(São João Bosco)

“O Sacrifício do altar será para nós uma Hóstia (Vítima) verdadeiramente aceita a Deus, quando nós mesmos fizermos vítimas” 
(São Gregório Magno)

“Ir à Missa quer dizer ir ao Calvário para encontrar-nos com ele, o nosso Redentor” 
(Beato João Paulo II)

“Não se pode separar a Santíssima Eucaristia da Paixão de Jesus”, assim gemia entre lágrimas 
(Santo André Avelino)

“Quando assistires à Santa Missa, concentra-te todo no tremendo mistério que está acontecendo diante dos teus olhos: a Redenção de tua alma e a Reconciliação com Deus” 
(São padre Pio)

“Uma vez perguntaram para São Padre Pio, Padre, como é que devemos participar na Santa Missa?” E o Padre respondeu: “Como Nossa Senhora, São João e as piedosas mulheres no Calvário”

São João Bosco lamentava amargamente o procedimento de cristãos que, na igreja, ficavam “voluntariamente distraídos, sem modéstia, sem atenção, sem respeito, de pé, olhando para cá e para lá… Esses tais não assistem ao Divino Sacrifício como Maria e João, mas como os judeus, pregando de novo a Jesus na cruz”

“Os meus olhos eu os enchi de Jesus, pois fiquei olhando para Ele na hora da elevação da Hóstia na Santa Missa, e não quero que eles se detenham sobre nenhuma outra figura” 
(Santa Coleta)

“Meus filhos, como eu vos poderei explicar a Santa Missa? A Santa missa é infinita como Jesus… Pergunta a um Anjo o que é a Missa, e ele vos responderá com toda a verdade: eu sei o que ela é e porque se celebra; contudo, eu não sei o tamanho do valor que ela tem. Um anjo, mil Anjos do Céu sabem disso e assim pensam”
(Padre Pio de Pietrelcina)

“Nenhuma língua humana pode contar os favores, que nascem, como de uma fonte, do Sacrifício da Missa: o pecador que se reconcilia com Deus, o justo que se torna mais justo, as culpas que são canceladas, os vícios que são erradicados, as virtudes e os méritos que crescem, as insídias do diabo que são confundidas” 
(São Lourenço Justiniano)

“Aquele que participa muitas vezes da Santa Missa terá uma santa morte”
(São José Cottolengo)

“A participação de muitas Missas é um sinal de predestinação” 
(São João Bosco)

Compartilhe com seus amigos!