COMO PREPARAR-SE ESPIRITUALMENTE PARA O PARTO

COMO PREPARAR-SE ESPIRITUALMENTE PARA O PARTO

COMO PREPARAR-SE ESPIRITUALMENTE PARA O PARTO

Muito se fala em preparação da musculatura do períneo, fisioterapia / ginástica pélvica, pompoarismo, caminhada, cuidados com a alimentação, mas vejo pouquíssimas pessoas falando e menos ainda escrevendo sobre como preparar-se espiritualmente para o parto.

O parto não é apenas fisiológico, ele envolve a mulher por completo: quem ela é, o que e a quem ela ama, o que ela pensa, como é e está a sua alma.

É um momento tão único e tão importante para a vocação da mulher – a maternidade… E o que se pode fazer para chegar a este momento tendo se preparado para ele com zelo e carinho? Eis algumas dicas práticas:

DURANTE TODA A GESTAÇÃO, AGRADEÇA A DEUS PELO DOM DA VIDA. São duas almas que a mulher carrega por pura bondade e generosidade de Deus. Mesmo que esta gestação tenha vindo num momento difícil, procure enxergá-la como uma oportunidade que Deus mesmo concedeu para o crescimento no amor para com o outro, um filho, que deve ser amado e cuidado, uma alma que você, mãe, deve zelar e prestar contas a Deus.

Uma das práticas que a mãe pode adotar já na gestação é PEDIR QUE DEUS FORTALEÇA O ANJO DA GUARDA DE SEU BEBÊ e conversar sempre com ele, pedindo que proteja o bebê na gestação, parto e durante toda a sua vida, comunicando-lhe quando o filho precisar de suas orações.

MANTENHA-SE APEGADA A NOSSA SENHORA, MÃE DE DEUS E NOSSA, para que esteja sempre ao seu lado e mostre como uma mãe de acordo com o coração de Deus deve agir. Ela será nosso modelo para o resto de nossas vidas: Mãe que amou, chorou, sofreu, se alegrou, silenciou, obedeceu, cuidou…

Mais para o final da gestação, PEÇA A UM SACERDOTE / DIÁCONO QUE LHE DÊ A BÊNÇÃO PARA O PARTO. Esta bênção consta no Ritual de Bênçãos (números 215-231) e, recebendo esta, não se faz necessário receber o Sacramento da Unção dos Enfermos. Esta bênção é “pela saúde da criança, que há de nascer” e para “que a mãe dê à luz tranquilamente.” (nº 228).

CONHEÇA E TENHA DEVOÇÕES ESPECIALMENTE PARA VOCÊ, PARTURIENTE: a Nossa Senhora do Bom Parto, Nossa Senhora da Expectação, São Raimundo Nonato (padroeiro das gestantes e parteiras). Você pode ler as histórias delas, rezar diariamente suas orações. Isto é de uma beleza e riqueza ímpar!

Ao longo da gestação mas, especialmente perto do parto, RECOMENDE A SUA ALMA E A DA CRIANÇA A DEUS, FAÇA UM BOM EXAME DE CONSCIÊNCIA E BUSQUE O SACRAMENTO DA PENITÊNCIA / CONFISSÃO / MISERICÓRDIA. Isso traz mais calma e tranquilidade e afasta aquela ansiedade comum no final da gestação.

Por fim, FREQUENTE OS SACRAMENTOS, FAÇA SUAS ORAÇÕES, PREPARE SUA ALMA para este momento tão lindo e tão importante na vida materna.

“Todo nascimento requer uma submissão e uma disciplina. A própria terra deve passar por agonias antes de aceitar passivamente a semente. Na mulher, a submissão não é passiva: é sacrificial, conscientemente criativa e, por este altruísmo, toda a sua natureza foi formada. É bem sabido que as mulheres são capazes de sacrifícios muito maiores que os homens; um homem pode ser um herói em uma crise e depois voltar à mediocridade. Ele não tem a resistência moral, que permite que uma mulher seja heróica ao longo dos anos, meses, dias e até mesmo segundos de sua vida, quando a monotonia repetitiva de suas tarefas desgasta o espírito. Não apenas os dias de uma mulher, mas também suas noites – não apenas sua mente, mas seu corpo deve compartilhar o Calvário da maternidade. É por isso que as mulheres têm uma compreensão mais segura da doutrina da redenção do que os homens: elas passaram a associar o risco de morte à vida no parto e a compreender o sacrifício de si para outro ao longo dos muitos meses anteriores ao nascimento da criança.”

(Venerável Fulton John Sheen, Way to Happiness, New York: Garden City Books, 1949. Cap. 25 – Motherhood – p. 87 – Trad. Cleiton Robsonn).

Por Camila Do Nascimento | Foto: Débora Soares

Deslize para ver mais...

Veja Também:

SANTA SÉ: POSIÇÃO OFICIAL DA IGREJA CATÓLICA SOBRE A MAÇONARIA.
SANTA SÉ: POSIÇÃO OFICIAL DA IGREJA CATÓLICA SOBRE A MAÇONARIA.

Hoje a Maçonaria atrai muitos católicos, infelizmente, embora a Igreja proíba que nos tornemos maçons. Com todo o respeito que devemos a cada pessoa, em face à sua opção, devemos, contudo, lembrar aos que querem ser autenticamente católicos, que a filiação à Maçonaria é considerada pela Igreja Católica “pecado grave”, já que as concepções de

Família, a pedra no sapato do marxismo
Família, a pedra no sapato do marxismo

Texto de Ricardo Roveran Quem acredita que o comunismo acabou com a queda do Muro de Berlim, precisa se atualizar, o que afinal estará então ocorrendo na Coreia do Norte e Cuba?! O comunismo não acontece do dia para a noite, como um passe de mágica em uma varinha de condão, há um processo de passagem

QUARTA-FEIRA – DIA DEDICADO A SÃO JOSÉ
QUARTA-FEIRA – DIA DEDICADO A SÃO JOSÉ

SÃO JOSÉ ROGAI POR NÓS! Santa Teresa de Ávila (1515-1582), a primeira doutora da Igreja, a reformadora do Carmelo, disse: “Quem não achar mestre que lhe ensine a orar, tome São José por mestre e não errará o caminho”. E declarava que em todas as suas festas lhe fazia um pedido e que nunca deixou

RECORRER À VIRGEM MARIA, NO MOMENTO DA TENTAÇÃO.
RECORRER À VIRGEM MARIA, NO MOMENTO DA TENTAÇÃO.

Se o receio de não perseverar no bem é capaz de nos inquietar e perturbar nos períodos de paz e de tranquilidade espiritual, quanto mais facilmente o faz no momento doloroso e terrível da tentação. Quando nos encontramos em luta com o nosso mais traiçoeiro inimigo, quando o mundo, os sentidos, as criaturas nos atraem e procuram arrastar-nos para longe de Deus, que luta, que atroz agitação para a alma que não quer sucumbir e está prestes a fazê-lo!

DEPRESSÃO O MAL DO SÉCULO
DEPRESSÃO O MAL DO SÉCULO

Ela chega de mansinho, assim como quem não quer nada. Num dia, você acorda triste, desanimado. No outro, bate uma sensação de vazio e uma vontade incontrolável de chorar, sem qualquer motivo aparente. A depressão é assim, um mal silencioso e ainda mal compreendido – até mesmo entre os próprios pacientes. Considerada um transtorno mental afetivo,

O amor que devemos ter pela cruz de Jesus.
O amor que devemos ter pela cruz de Jesus.

A tentação de apresentar um cristianismo sem cruz revela-se, aos poucos, decepcionante, porque é somente na cruz que se descobre o amor de Deus. A cruz possui um significado inegociável para o cristianismo. É somente por meio do Cristo crucificado que se pode compreender “o poder de Deus” – (1Cor 1, 24) e a sua ação salvífica

Orações importantes para após a Comunhão
Orações importantes para após a Comunhão

Orações para após a Comunhão Ato de Adoração, Amor e Reparação ensinada pelo Anjo de Portugal Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, adoro-vos profundamente e ofereço-vos o preciosíssimo Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo, presente em todos os Sacrários da terra, em reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças com que Ele

A ILUSÃO DE NÃO MATAR E ROUBAR
A ILUSÃO DE NÃO MATAR E ROUBAR

Quantos de nós ao tocar em assuntos da sagrada religião com alguns de nossos amigos católicos não fomos alvejados por uma emaranhado de frases relativistas que, de certa forma, até nos ofendem… Mas por que, afinal de contas, é tão ofensivo ser católico de verdade, querer viver na graça de Deus e fazer um mínimo

Ateísmo e suas causas – por Antonio Royo Marín, O.P.
Ateísmo e suas causas – por Antonio Royo Marín, O.P.

1. Noção e divisão O ateísmo consiste na negação radical da existência de Deus. Ateu (do grego ἄθεος = sem Deus) é o sujeito que ignora ou se nega a aceitar a existência do Ser Supremo e que, por isso, não pratica religião alguma. Existem duas classes de ateus: teóricos e práticos. a) TEÓRICOS são

SOBRE A MÚSICA CATÓLICA PRÓPRIA PARA SANTA MISSA.
SOBRE A MÚSICA CATÓLICA PRÓPRIA PARA SANTA MISSA.

PAPA SÃO PIO X – MOTO PRÓPRIO TRA LE SOLLICITUDINE – Sobre a Música Sacra: VI. Órgão e Instrumentos: 14. Posto que a música própria da Igreja é a música meramente vocal, contudo também se permite a música com acompanhamento de órgão. Nalgum caso particular, com as convenientes cautelas, poderão admitir-se outros instrumentos, conforme as prescrições do “Caeremoniale Episcoporum”; 15. Como o